20 REGRAS QUE NOS AJUDAM A VIVER MELHOR

 

“Quem foi que disse que é impossível ser feliz sozinho
Vivo tranqüilo, a liberdade é quem me faz carinho”

Marisa Monte

 

Primeira  Regra – Quando se sentir desencorajado, enumere todas as coisas boas que você tem na vida. Tome consciência do seu valor e do quanto possui ao seu redor, e sua auto-estima será recuperada, você verá as coisas por um outro ângulo, e, finalmente, será capaz de ir em frente, em direção à vida que Deus pretendeu para você… cheio de graça, força, coragem e confiança.

Segunda Regra – Hoje e todos os dias, produza mais do que esperam que faça e do que é pago para fazer. Metade da vitória do sucesso estará conquistada quando aprender o segredo de se empenhar mais do que o esperado em tudo o que faz. Seja valioso no seu trabalho para que se torne, naturalmente, indispensável. Exercite o privilégio de poder andar um quilômetro extra na caminhada e curta todas as recompensas que receber. Você as merece!

Terceira Regra – Sempre que cometer um erro, ou sentir que a vida lhe passou uma rasteira, não fique muito tempo olhando para trás. Os erros são a maneira que a vida encontra para lhe ensinar alguma coisa. Sua capacidade de cometer erros ocasionais, é inseparável da sua capacidade de atingir os objetivos propostos. Ninguém vence sempre, e seus fracassos, quando acontecem, são apenas parte do seu desenvolvimento. Desvencilhe-se de seus erros. Como conhecerá seus limites sem uma derrota ocasional? Não desista nunca, seu dia chegará!

Quarta Regra – Recompense, sempre, suas longas horas de trabalho e esforço da melhor maneira possível, cercado da família. Alimente o amor entre seus membros e cuidadosamente, lembrando-se de que seus filhos precisam de modelos, não de críticas, e de que seu progresso pessoal se acelerará quando você lutar, continuamente,para apresentar o seu melhor para seus filhos. E mesmo que tenha falhado em tudo o mais aos olhos do mundo, saberá que tem uma família cheia de amor. O SUCESSO COMEÇA DENTRO DA SUA FAMÍLIA!

Quinta Regra – Construa o dia de hoje, sob uma base de pensamentos agradáveis. Nunca se irrite com pequenas imperfeições que você tema que possam impedir seu progresso. Lembre-se, sempre que for necessário, de que você é um ser criado por DEUS e tem o poder de alcançar seus sonhos, elevando seus pensamentos positivamente. Você pode voar. Basta que assim o decida. Nunca pense em derrota outra vez. Faça com que a fantasia de seu coração esteja presente no seu projeto de vida. SORRIA!

Sexta Regra – Deixe seus atos falarem por você, mas esteja sempre em guarda contra as terríveis armadilhas do falso orgulho e da presunção, que podem interferir em seu progresso. Da próxima vez que ficar tentado a se vangloriar de alguma coisa, simplesmente coloque sua mão fechada dentro de um balde cheio d`água. Quando retirá-la, o tamanho do buraco que ficar lhe dará a exata medida de sua importância.

Sétima Regra – Cada dia é um presente especial de DEUS, e mesmo que a vida não seja sempre justa, nunca permita que as dores, os obstáculos e as desvantagens do momento, envenenem suas atitudes e seus planos pessoais para o futuro. Você não pode vencer nunca se se revestir de uma feia autopiedade. O som amargo das lamentações certamente afastará qualquer oportunidade de sucesso. Nunca mais. Há uma maneira melhor. SUCESSO!

Oitava Regra – Nunca mais entulhe seus dias e suas noites, de tantas coisas menores e sem importância, a tal ponto, que o impeçam de ter tempo para encarar os desafios reais quando eles aparecem. Isso se aplica não só a diversão, mas também ao trabalho. O dia em que apenas se sobrevive não é motivo para comemoração. Você não está aqui para desperdiçar seu precioso tempo quando tem a capacidade de realizar muito mais com uma simples modificação da sua rotina. Acabe com o trabalho que não leva a nada. Não se esconda mais do sucesso. Abra tempo e espaço para seu crescimento.

Nona Regra – Viva o dia de hoje, como se fosse o último dia de sua vida. Lembre-se de que só existe “amanhã” no calendário dos tolos. Esqueça, inteligentemente, as derrotas de ontem e ignore, racionalmente, os problemas de amanhã. Sua vida é seu bem principal. Procure fazer do dia de hoje seja seu melhor dia do ano. As palavras mais tristes que você pode pronunciar são: “Se eu pudesse viver outra vez…” Empunhe o bastão de comando imediatamente. Em ação! HOJE É SEU DIA!!!

Décima Regra – A partir de hoje, trate todos que encontrar, amigo ou inimigo, conhecido ou estranho, como se fossem morrer à meia-noite. Estenda a cada pessoa, não importa o quanto seja trivial seu contato com ela, todo o carinho, a bondade, compreensão e amor que puder. Faça isso sem pensar em retorno. Sua vida nunca mais será a mesma. Aceite as pessoas como elas são. Aceitá-las como são não significa, claro, se tornar escravo dos caprichos delas, mas entendê-las é reconhecer que somos todos humanos, sujeitos a erros, desacertos e explosões de mau humor. Mantenha-se inteligentemente acima de todo o lixo humano. NEM JESUS SE CONSIDEROU BOM!

Décima Primeira Regra – Ria de você mesmo e da vida. Não com o espírito de deboche, ou como lamento de autopiedade, mas como um remédio, uma droga milagrosa, que aliviará sua dor, curará sua depressão e o ajudará a analisar com perspectiva aquela derrota aparentemente terrível que acabou de sofrer. Libere a tensão, a ansiedade e livre-se das preocupações, rindo dos momentos difíceis. Liberte assim sua mente para pensar com clareza na solução que procura. Nunca se leve a sério demais.

Décima Segunda Regra – Nunca negligencie as pequenas coisas. Nunca se furte àquele esforço extra, àqueles minutos adicionais, àquela palavra doce de elogio ou agradecimento, liberação do que você tem de melhor. Não importa o que outros pensam. No entanto, é da maior importância o que você pensa a seu próprio respeito. Você nunca poderá fazer o melhor possível, o que deve ser sempre sua marca registrada,  se ficar evitando dificuldades e reduzindo responsabilidades. Você é especial. Comporte-se como tal. Nunca negligencie as pequenas coisas!

 

Décima Terceira Regra – Saúde todas as manhãs com um sorriso. Encare o dia que está começando como uma benção especial de seu Criador, mais uma oportunidade de ouro para completar o que você não foi capaz de terminar no dia anterior. Seja seu próprio motor de ignição. Faça com que sua primeira hora do dia estabeleça o pique de um comportamento positivo de sucesso que certamente, se fará ecoar por todo o resto do dia. O dia de hoje jamais voltará. Não o desperdice com um mau começo ou absolutamente nenhum começo. VOCÊ NÃO NASCEU PARA FRACASSAR!

Décima Quarta Regra – Você alcançará seu grande sonho, um dia de cada vez. Assim trace objetivos para cada dia. Ao invés de projetos longos e difíceis, estabeleça tarefas que o levem , passo a passo, na direção de seu arco-íris. Anote-as, se for preciso, mas limite sua lista, para que não tenha que arrastar os assuntos inacabados de hoje para amanhã. Lembre-se de que você não pode construir seu palácio em vinte e quatro horas. Seja paciente. Nunca permita que seu dia fique entulhado de tal forma que acabe por fazer com que você se esqueça do seu objetivo mais importante – fazer o melhor possível, usufruir deste dia e repousar satisfeito com o que realizou.

Décima Quinta Regra – Nunca permita que alguém o derrube e, dessa forma, atire uma pá de tristeza e derrota em todo o seu dia. Lembre-se de que não é necessário nenhum talento, nenhum sacrifício, nenhuma inteligência especial, nenhum caráter, para que alguém se estabeleça no ramo de detectar erros alheios. Nenhum elemento externo pode ter qualquer influência sobre você, a menos que o permita. Seu tempo é precioso demais para ser sacrificado em dias desperdiçados no combate a coisas menores como o ódio, o ciúme e a inveja. Não perca tempo remoendo ressentimento. Essa é uma característica do seu eu “criança birrenta”  e o eu que o levará ao sucesso é seu eu “adulto” e racional. Não perca tempo com o que não leva a lugar algum. Proteja a sua frágil vida cuidadosamente. Só DEUS é capaz de fazer brotar uma flor, mas qualquer criança boba pode fazê-la em pedaços.

Décima Sexta Regra –   Estimule o cultive a amizade com as pessoas com quem convive, considerando suas amizades e relacionamentos como verdadeiros tesouros que bem poucos (os decididos a ter sucesso) têm. Resolva “no ato” os conflitos que surgem e que podem ser resolvidos no momento. Quando situações de “cabeça quente” surgirem – e surgirão em toda parte -, espere o furacão passar e depois sopre você a brisa do entendimento. Seja conciliador sempre! Seu coração agradecerá. E as finanças também!

Décima Sétima Regra – Procure pela semente do bem em qualquer adversidade. Incorpore este princípio a sua vida e será possuidor de um escudo precioso que o protegerá eficientemente por todos os vales que atravessar. As estrelas podem ser vistas até do fundo do poço, quando não podemos apreciá-las do alto da montanha. Você aprenderá na adversidade o que jamais descobriria se não tivesse que passar por situações difíceis. Há sempre uma semente do bem. Descubra-a e prospere.

Décima Oitava Regra – Tenha consciência de que a verdadeira felicidade está dentro de você. Não desperdice tempo e esforço procurando paz, contentamento e alegria fora de você. Lembre-se de que a felicidade não está no fato de ter ou alcançar, mas sim no ato de dar. Estenda a sua mão. Compartilhe. Sorria. Abrace. A felicidade é um perfume que você não pode passar nos outros sem que o cheiro fique um pouco em suas mãos.

Décima Nona Regra –  Quando você tomar uma decisão e atitude de mudança positiva em algum setor de sua vida, certifique-se de que as pessoas que convivem com você notem, especialmente as pessoas de sua família, agindo. Pergunte-se: “Como outros saberão que mudei”. A resposta deverá ser o retorno da decisão que você tomou. Isso, claro, fortalece sua atitude.

Vigésima Regra –  Lembre-se que uma mudança de vida sempre começa numa mudança de atitude. E para fazer uma mudança você tem que chacoalhar seu velho ego e considerar que a chave tem que ir até o fundo da fechadura para abrir a porta. A chave da atitude decidida abre a porta do seu futuro. Não minta a você mesmo. Seja bom, mas não demasiado bom a ponto de agasalhar uma serpente que depois se voltará contra você.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: