BARATO DA ANESTESIA LEMBRANDO DE ANA MARIA BRAGA!

 

 

Esses dias em que estava envolvido com a minha cirurgia e ainda no barato da anestesia, lembrei-me de uma mensagem que ouvi na Ana Maria Braga e que, tem tudo a ver com aquilo que pensamos, agimos ou não e deixamos de fazer, por conveniência ou preguiça… É mais ou menos como ter um cão como professor…

Imagine que se um cão fosse o seu professor, você aprenderia coisas do tipo:

Quando alguém que você ama chegasse em sua casa, você correria ao seu encontro … E, nós, quantas vezes, estamos ocupados demais, cansados demais, de mau humor demais e deixamos de fazer alegres aqueles a que amamos…

Aprenderíamos, a nunca perder nenhum passeio de carro, somente para experimentar o ar fresco do vento no nosso rosto, mas aí, na grande maioria das vezes, brigamos com o trânsito, com motoboys, nos emburramos e o vento está bem ali, ao nosso alcance e resultado: Perdemos uma grande oportunidade de termos prazer. Perdemos a viagem…

 

Aprenderíamos a rosnar sempre que alguém invadisse o nosso território…Mas não o fazemos porquê isso é feio, não é social, não é adequado…Puta que pariu, quantas vezes temos vontade de dizer: “Olha só, eu gosto de você, mas esse espaço, que você acabou de invadir é meu, pode ser”?

Se tivéssemos um cão como professor, tiraríamos uma sonequinha ao meio dia, mas … A tv não deixa, o lap top tá ligado, temos que sair antes por causa do trânsito e ai…

Se tivéssemos um cão como mestre, correríamos muito, brincaríamos todos os dias, tentaríamos nos dar bem com os próximos e permitiríamos que as pessoas nos tocassem…Simples assim!

Se um cão fosse nosso professor, não morderíamos nunca mais uns aos outros, bastaria um simples rosnado e, pronto…Tudo resolvido!

Em dias quentes, pararíamos e rolaríamos na grama, na areia, beberíamos bastante líquidos e nos deitaríamos debaixo da sombra de uma árvore.

Dançaríamos quando estivéssemos felizes, balançando o  corpo todo… Não importando quantas vezes os outros nos magoassem, não nos sentiríamos culpados…Voltaríamos e faríamos as pazes novamente.

Se um cão fosse nosso professor, de qualquer cor, raça, tamanho, aproveitaríamos mais o prazer de uma longa caminhada. Nos alimentaríamos com gosto e entusiasmo, comendo só o suficiente…

Seríamos leais, veja que legal! Nunca pretenderíamos ser o que não somos…

Se  quiséssemos nos deitar embaixo  da terra, era fácil, bastaria cavar até aonde desse e problema resolvido!

E o mais importante de tudo… Quando alguém estivesse nervoso(a) ou triste, ficaríamos  em silêncio ao seu lado, somente para mostrarmos que estamos ali para confortar pois a amizade, se nós tivéssemos um cão como mestre, não aceitaria imitações!

P.S:

ISSO DEVE TER SIDO BARATO DA ANESTESIA…NÃO LEVEM TÃO À SÉRIO

Um pensamento sobre “BARATO DA ANESTESIA LEMBRANDO DE ANA MARIA BRAGA!

  1. FAÇA UM PEDIDO ANTES DE LER; QUE HOJE HAJA PAZ DENTRO DE MIM,QUE EU POSSA CONFIAR NO PODER MAIS ALTO QUE É DEUS, NOSSO PAI ,QUE EU NÃO ESQUEÇA AS POSSIBILIDADES INFINITAS QUE NASCEM DA FÉ QUE EU POSSA USAR ESTAS BENÇÃOS QUE SÃO DADAS,QUE EU POSSA ME SENTIR FEITO SABENDO QUE SOU FILHO DE DEUS E PERMITA-ME SENHOR QUE SUA PRESENÇA SE ESTABELEÇA EM MEUS GESTOS DE FÉ A MINHA ALMA A LIBERDADE PARA CANTAR E DANÇAR E SE AQUEÇAM NA LUZ QUE ESTÁ AQUI PARA TODOS NÓS.AMÉM. ENVIE PARA 7 ALTARES E VEJA O QUE ACONTECERÁ EM 1 HORA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: