NA MORAL!!!!!

NA MORAL!!!!!!

 

 

“RECEBI VÁRIAS MEDALHAS PELO GOVERNO DE MEU PAÍS, POR MATAR HOMENS EM UMA GUERRA E FUI CONDENADO A MORTE POR AMAR APENAS UM!”

Ontem pela primeira vez, assistir o Bial, graças à Deus de volta ao seu melhor ofício e fora da nave mãe BBB. O programa tratava de uniões  homoafetivas, então lá estavam dois casais de noivas, dois rapazes casados, um outro que até hoje luta para que a sua união seja reconhecida, enfim, teve até um casamento(?) ao vivo, com direito a juiz e tudo mais.

A Glória Pires estava presente, como sempre cheia de luz, com as suas opiniões sempre muito próprias e fazendo as vezes de dj. Bial com a sua super-elegância, que parece um ritual, quase um deboche, enfim, vários assuntos foram discutidos, falados, mostrados, um casamento gay coletivo, com direito a hino nacional e tudo…

Enfim, tudo na moral…Lembrei de quando mantive um relacionamento com um diretor financeiro da Petrobrás, que durou sete anos e meio e fiquei imaginando o quanto as coisas mudaram de lá para cá(leia-se 20 anos atrás). É evidente, que muitas coisas boas aconteceram, muitas mudaram e, se, algumas delas naquela época, existissem, logicamente, que hoje eu teria muitos dos direitos adquiridos, já que na morte dele, a casa foi invadida por “amigos”, parentes que nunca apareciam e cada um levou o que quis e, eu, que tinha uma história de anos, não fui premiado sequer nem com o dirito de saber que ele havia morrido…Então cartas, cartões, coisas em comum, tudo, absolutamente tudo, foi levado de dentro de casa e eu só fiquei sabendo, quando o corpo já estava devidamente enterrado e a missa de sétimo dia já realizada…Bom, mas vão-se os anéis e ficam os dedos e assim a vida seguiu.

Lembro, que naquela época, as pessoas namoravam, se conheciam, construíam sonhos juntos, havia todo um patrimônio emocional envolvido, havia cumplicidade, o desejo de cuidar do outro… Então, assistindo o tal programa lá, o negócio era tão bacana, que até deu vontade de casar de novo, as coisas eram tão bonitas, que parecia ter voltado um tempo que eu vivi e que foi muito bom.

Foi impossível não fazer uma comparação com o que eu conheci e o que eu vejo hoje, vejam bem: Hoje existem leis, já começam a se falar em direitos, em união estável, mas paradoxalmente, os gays, não a sua totalidade, mas a grande maioria, vive num mundo aonde aquilo tudo não se encaixa, é antagônico, irreal!

A promiscuidade reina absoluta, rapazes de 16, 18, 20 e mais tanto, estão aí disponíveis, trocando uma noite de prazer por uma camisa Diesel, um chopp e às vezes até menos, então, ou você fica fora, ou se torna mais um para suprir a demanda do mercado. Vamos combinar? Como eu quero ser respeitado se eu não me coloco? Como quero que a lei me ampare, se eu saio com menores, exponho minha sexualidade como se fosse uma página de revista de fofocas, desisto  daquilo de mais sagrado, que é o meu corpo, o lugar aonde mora a minha alma e diariamente fico, trepo com uma pessoa diferente?

Como posso querer ser respeitado se me jogo no primeiro dark room, sem a menor culpa, nenhuma cerimônia e nem medo e, pior, sem saber nem com quem eu estou beijando, ficando, sei lá… Nós gays, precisamos entender, que o mundo não é gay! O mundo ainda vai levar muito tempo para administrar o politicamente correto! O mundo não é gay! A maioria não é gay, então, não adianta uma minoria barulhenta fazer nada, porque quem decide, infelizmente, é a maioria e essa maioria engole o mal necessário que nós somos! Fato!

A prova disso é que, vamos lá, o que efetivamente os grupos que defendem a “causa” tem feito até agora? Aonde estão as OGNS que não fazem cobranças sérias, bem colocadas e pontuais? Fala sério! Lógico que tudo deveria ser diferente, aliás, igual para todos, sem haver necessidade de leis socorristas, mas a realidade não é essa… A grande realidade, é que temos vereadores, deputados, senadores, enfim, um leque grande de pessoas que estão no poder e que são gays, lésbicas, mas o que eles fazem? N A D A !

O discurso político é uma coisa, alguns até bancam alguns eventos, mas e daí? O que isso acrescenta? O que adianta se colocar uma Parada do Orgulho se tudo não passa de uma grande sacanagem a céu aberto? Fala sério! Se, definitivamente, queremos direitos e eles podem sim, serem adquiridos, garanto que não vai ser fazendo pegação… A parada gay, hoje, nada mais é do que um grande negócio, coisa prá se ganhar dinheiro, um orgia à marginalidade impressionante, porque, efetivamente nada acontece, o discurso é sempre o mesmo, nada muda, talvez um personagem ou outro, no mais tudo igual…

Enquanto se mantiver esse tipo de pensamento, de atitude, as leis poderão até vir, mas respeito, queridos, NÃO! Respeito não se pede, não se esmola, respeito é consequência, resultado de atitudes, de ações, eu não preciso pedir que o outro me respeite, se eu me desrespeito, vamos deixar isso claro?

E assim, tudo segue, em proporção fanática, aonde vale o culto ao corpo, é colecionar beijos na boca e outras cozitas mas. Atitude, esse é o caminho e requer dedicação, esforço, educação, posicionamento, postura, não é fácil e por isso creio, que até poderemos adquirir algumas leis, alguns direitos, mas respeito, ah, isso ainda vai levar muito tempo!

 

 

Tudo hoje gira em torno de dinheiro, de status, vivemos numa sociedade aonde deixa-se de  comer bem, para dirigir um bom carro e o garotão da hora, mas e daí? Foda-se o que você sente, se você é feliz ou não, desde que o teu corpo tenha prazer, vamos fazer muito barulho, trepar muito, fazer muita parada gay, mas sem esquecer nunca, que respeito é resultado, que somos uma minoria e que minoria não resolve, principalmente quando se deixa levar pelo modismo consumista…

Mas vamos seguindo, fazendo barulho, levantando bandeiras, fazendo discursos vazios, elegendo gays e lésbicas, que efetivamente nada fazem, mas sem esquecer o mundo não é gay e minoria, só muito organizada para mudar o sistema, entendeu?

Na moral!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: