NÃO NASCI PRÁ TAMPA NEM PARA PANELA…EU SEI É COZINHAR!!!!

A tampa da panela, a alma gêmea, o chinelo velho para todo pé cansado, a metade que não ácida, da laranja. Quem nunca sonhou com isso? EU! Leia de novo: EU!… Mas, a maioria das pessoas que me conhecem iram se perguntar: Mas você não é romântico? Apaixonado? Idealista? Utópico e persistente? Sou e acrescentem, com toda a bondade à essa contraditória lista, Que eu sou e  é por isso tudo que eu não acredito nas expressões que tentam definir, classificar uma única pessoa no mundo, que foi criada apenas para você e para a qual você também foi criado. Na verdade, eu até acredito, eu até quero acreditar, eu preciso acreditar… No entanto, não creio em uma pessoa que vá se encaixar com perfeição na minha “panela”. Isso é bem papo de novatos na “cozinha”. Toda panela nova se encaixa com perfeição na tampa… Mas com o tempo, com o uso, incorreto e apressado, principalmente, você descobre que para a comida ficar boa novamente você vai ter que deixar uma beiradinha para o ar sair, a panela ganha um amasso, a tampa perde o cabo e elas já não se encaixam tão bem…
E não seria assim com as relações? Se você quiser um relacionamento vai ter que aprender a se relacionar, vai ter que aprender a ceder, a abrir mão, a dar as mãos. A questão, a resposta, não é achar a tampa da panela, não é ser a tampa ou ser a panela, as frigideiras também são úteis… A questão é saber cozinhar! Não quero uma tampa, não quero nada que me sufoque, que me limite!  Duas panelas podem sim, ser felizes juntas e destampadas. Quero alguém que eu ame e que queira me amar. QUERER! É essa a palavra-chave que resume tudo na vida.
Se você quiser você pode amar, sim! Basta querer amar… Não adianta a vida te dar o melhor presente do mundo, o presente que você precisa, ou o presente que você quer (perceba, são coisas distintas), você vai ter que abrir ao embrulho! Não adianta a vida te dar o melhor emprego do mundo… Você vai ter que trabalhar! Tudo na vida dá trabalho, é custoso, nada é de graça, e quem quer, faz! Portanto, não adianta encontrar a tampa e jogar ela fora, guardar na estante, no armário da cozinha. No primeiro problema, é muito fácil desistir e largar a tampa ,ou a panela, conforme queiram… “Não era A tampa da panela”, “não era A alma gêmea”, e etc., é um modo muito simples, muito cômodo de culpar a vida, o destino, Deus ,ou seja lá como você chama o desconhecido,o Universo, por sua incapacidade, por sua falta de dedicação e vontade de amar. Olhe para você! Quer a tampa da panela? Então, aprenda a cozinhar primeiro!

Eu, por exemplo, não ficaria bem na estante da cozinha de ninguém!

 

Anúncios

2 pensamentos sobre “NÃO NASCI PRÁ TAMPA NEM PARA PANELA…EU SEI É COZINHAR!!!!

    • Olá, Sônia!
      Obrigado pelo seu contato e fico muito feliz que tenha gostado!
      Apareça sempre, viu?
      Muita luz para você!
      Carinho,
      Kléber

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: