PARA A MINHA MÃE, MINHA MARICOTINHA

 

fortaleza 060Minha querida mãezona, há duas coisas que lhe quero dizer de imediato: A primeira, não pergunte e tampouco, busque explicações para entender de que maneira e com que recurso lhe escrevo, pois há muitas possibilidades à disposição do homem às quais o senso comum não pode, por enquanto, nem imaginar… E, a segunda, agradecer-lhe a oportunidade que me concedeu ao receber-me por filho e assim tratar-me durante todos esses anos.

Sempre quis escrever algo, tanto para a senhora, como para todos os demais que se interessam por alguém como eu, contudo, sempre fui cerceado pela excepcionalidade. Hoje, porém, sinto chegado o dia e que a hora é esta… Não pretendo grandes tiradas,  talvez, eu, hoje, não as conseguiria, quero me ater à singeleza de minha maneira de ser.

Pretendo rabiscar nestas linhas, algo que eu e os meus iguais sentimos.. Antecipo, que encontro dificuldades na maneira pela qual aqui me expresso. Isto me custa bastante esforço e tenacidade, mas sei que um só sorriso seu possa irradiar e uma só emoção que possa sentir ao ler estas palavras, já me bastam como recompensa ou, mais precisamente, como Dádiva de Deus.

IMG_3751

Primeiramente , quero afirmar que sou feliz, e o sou porque, a tenho como mãe querida. Desde o princípio, ainda no seu ventre, quando me senti diferente, preocupei-me com o futuro… Que seria de mim e dos meus pais? Como seria minha vida? Perguntas que me fiz e que a senhora e a minha mãe Oxum, responderam com gestos de amor e ternura.

Não me falta nada , todos os recursos de que careço para sobreviver eu os tenho e mais, no sentir deslizando suas mãos em meu rosto, naquele seu gesto carinhoso, tão próprio, sinto Deus em mim e se pudesse, ou conseguisse, bradaria aos quatro ventos que a vida é bela e que é muito bom viver… Tenho consciência de que lhe dou muito trabalho, mas que posso fazer se sou nasci assim, Ariano, de Oxum, teimoso feito um cavalo?

545579_390794610992829_12470394_n

Gostaria de ser diferente do que sou, somente para poupar-lhe esforços e dar-lhe mais tempo para o descanso, mas Deus quer que assim seja, e quem sou eu para questionar-lhe a Justiça, a Bondade e Misericórdia?

Quero que saiba que diferente dessa minha deficiência, sou uma pessoa  lúcida, quero confirmar-lhe que sei amar , que gosto de ser amado, que meus sentimentos são iguais aos de meus irmãos ditos normais..

Quero que saiba, que sei discernir alegria e tristeza, mesmo porque, as sinto de quando em quando, que sinto-me pequenino quando olhos curiosos pousam em mim, que fico triste quando não me tratam bem, mas muito radiante quando um desconhecido qualquer, me trata ou olha com simpatia, que sei não possuir beleza alguma, entretanto posso dizer com segurança, que depende somente da senhora para que eu me torne uma das mais belas estrelas da constelação Divina.

Quero que saiba, enfim, que me sinto gente e filho de Deus. Não falo todas estas coisas com o intuito de depertar-lhe a atenção para algum fato, ou para que demonstre alguma outra virtude. A senhora, Mãe, tem todas as virtudes que um filho busca e necessita em sua mãe. Falo essas coisas para confirmar tudo o que a senhora sabe a meu respeito e a respeito dos meus sentimentos…

164017_128349847227765_691172_n

Falo, para que a senhora tome conhecimento de que sei de tudo o que se passa em seu coração, que pode não ser o maior do mundo, mas, seguramente, para mim é o mais aconchegante.

Ao tomar conhecimento, há pouco, de que é possível estabelecer com precisão se o feto possui alguma anomalia, propenso pois à retardo ou deficiência mental e justificando tal possibilidade, em alguns países, o aborto eugênico, senti um frio percorrer-me a espinha… Pergunto, e ninguém precisa responder, por que recusar um filho se antes de ser do homem e da mulher , é de Deus? Por que trocar a sua felicidade eterna e a do nasciturno, pelos sorrisos temporais da sociedade dispersiva? Quem vale mais, um filho saudável ou um deficiente? Mas a senhora não estava nem aí, me pariu e pronto, como pinico na cabeça e tudo, ou seja, já nasci fazendo barulho!

É possível, com isenção de ânimo, estabelecer paralelos? Não obstante a agressão do aborto. Deus tem o agressor, qual o agredido, como seus filhos amados e é bom que todos saibam disso. Como é bom saber que nosso físico não é jamais o retrato de injustiça Divina.!

205555_155397194523030_385437_n

Hoje quero lhe contar um segredo que há muito tempo eu guardo:  Julgava que a senhora era igual a todas as mães da terra. Hoje, aguardo com muita esperança, que todas as outras mães um dia, possam se tornar iguais a senhora, no brilho do amor e no reflexo da bondade.

Agradeço por tudo que me faz e convicto afirmo que, até hoje, e por toda a eternidade, excepcional tem sido e será o amor que a senhora me dedica e que lhe retribuo comovido, talvez, não da forma que a senhora esperava.

Na verdade, acho que nunca fiquei tão nervoso antes de fazer um texto e por isso demorei postar… Parece que deu um branco na minha mente, as palavras parecem, simplesmente, terem sumido. Escrevi e reescrevi várias frases soltas, mas parece que nenhuma delas traduz em palavras, realmente, tudo o que eu quero lhe dizer… Mas então, no auge desse meu nervosismo, de não saber usar frases e palavras, surgiu em minha mente algo que eu tenho certeza que seria um bom texto. Com certeza que a senhora deve lembrar de minhas próximas palavras:

“NUNCA SE ENVERGONHE DE VOCÊ, POIS SE VOCÊ NÃO SE ENVERGONHAR DE VOCÊ, NINGUÉM PODERÁ DIZER QUE TEM VERGONHA DE VOCÊ!”

Mas, eu aposto, mãe, que já você já deve estar pensando: Meu Deus, eu aqui esperando um texto de meu filho, que já faz textos excelentes, que todo mundo gosta e lê várias vezes e lá me vem ele com isso… Pois é mãe, acontece que eu não consigo ver nada melhor do que essas para, no dia de hoje, transmitir tudo que sinto pela senhora.

Acontece que hoje, com meus quarenta e poucos anos… Nem tão jovem, nem tão velho, essas palavras valem muito mais que mil palavras e foi o que me norteou até hoje, sabia? Talvez, por isso eu não esteja nem aí para o que pensam sobre mim!

205745_155394547856628_7467305_n

Não sentir vergonha de si mesmo é lindo. O amor por si próprio, é o mais belo e raro sentimento que existe, é uma dádiva que o ser humano possui, de conseguir se amar e ser amado. E, isso mãe, eu devo a senhora. A senhora me ensinou a amar, me ensinou a respeitar, me ensinou a dar valor à vida, aos amigos, aos familiares… E o mais importante de tudo: A senhora me deu esse amor…

O amor mais singular que existe no mundo, o amor acolhedor, o amor que ensina, que provoca risos, lágrimas, que faz com que eu me sinta especial, protegido. Nos seus braços e no aconchego do teu colo eu sinto o verdadeiro amor, aquele que não existe em lugar algum da terra. Sinto amor em tuas palavras doces, em teus conselhos (que ultimamente têm me ajudado muito mais do que sequer a senhora imagina.), em suas broncas, sim, e por que não? Se briga comigo, é porque me ama e quer o meu bem. Está certo que, na hora, posso não gostar muito, mas logo passa, pois o amor que a senhora me dá em seguida cobre qualquer tipo de irritação.

207220_155394314523318_334777_n

Gostar também, Mãe… A senhora me ensinou a gostar das coisas mais inexplicáveis da vida… Conhece alguém, além de nós dois, que acorda, e vai pra geladeira comer aquela comidinha fria que sobrou do almoço? Ou que adora comer doce com salgado? Mas, ainda, mais importante, a senhora me ensinou a gostar do doce da vida, e, também, a saber lidar com o amargo, com as dificuldades, me ensinou a gostar da vitória, a gostar de aprender, de buscar o novo, me ensinou a gostar de aproveitar cada fase que passo, e que ainda vou passar… Ensinou-me a sentir o gosto da vida, com suas doces e acolhedoras palavras.

Amar ao mudo inteiro. Amar a vida, amar a família, amar a mim mesmo. Mostrar esse amor… Toda vez que a senhora vinha como uma leoa defender-me, ou que vinha voando toda vez que eu gritava ‘’manhêêê’’… Toda vez, Mãe que deixou de fazer algo pela minha felicidade, ou então, que se sacrificou para ver um sorriso em meu rosto. Todas as vezes que bolou aquela surpresa, toda vez que correu atrás de mim para me encher de beijos e carinhos. Toda vez que dividiu comigo suas angustias, seus medos, suas felicidades.

IMG_3848

Todas as vezes que estava do meu lado quando eu passava pelas mesmas coisas. Mostra-me o seu amor toda vez que me deu a mão e disse pra eu não me preocupar, que tudo ia passar que logo as coisas voltariam ao normal… Mostrou e mostra, seu amor todo dia que chega em casa da feira, cansada, e ainda assim, vem a minha procura, carinhosa e meiga. Mostra, Mãe seu amor dia a dia, e me ensina a amar da mesma forma, nunca pense que não, é que às vezes, eu sou meio esquisito mesmo!

148277_128350593894357_7191188_n

E amar a nós também… E, aqui, quero fazer, na verdade, um pedido de desculpas público. Por todas as vezes que não quis lhe ouvir, que fiquei chateado com a senhora, que bati o pé, aliás, a cabeça na parede… Por todas as vezes, que por algum motivo lhe decepcionei, quero pedir desculpas pelas grosserias, pelas cenas, pedir desculpas por muitas vezes exigir tempo demais seu, por as vezes pensar que vive em minha função. Quero pedir desculpas por muitas vezes não lhe dar o valor, que realmente merece, por não demonstrar o amor que sinto… Mas saiba de uma coisa: Eu lhe amo, e muito. Amo mais que conseguiria amar qualquer outra coisa, qualquer outro alguém.

A ligação que temos, é forte demais. É o mesmo sangue, a mesma carne. E, nunca mãe, nunca quero que a senhora tenha qualquer duvida  do meu amor pela senhora. Meu maior sonho, é que um dia, as senhora possa olhar pra mim e dizer: “Que orgulho tenho do meu filho! Ele é do Caralho!” E é por isso que tento melhorar a cada dia que passa, por isso que quero sucesso na vida, por isso que me esforço pra fazer a diferença… Para dar orgulho a quem me ensinou a ter garra, a ir a luta, a não desistir nunca.

Agora, espero que toda vez que a senhora se lembrar do que me falou sobre “não ter vergonha”, daquelas suas palavras de quase 30 anos atrás, veja o seu significado com outros olhos… Sei que não existem palavras suficientes pra descrever tudo que sinto pela senhora, mãe e, mesmo que houvesse, ainda assim, não seriam suficientes… Nosso amor é transcendente, está acima de tudo aqui.

IMG_3879

Espero que com essas palavras tenha conseguido lhe mostrar apenas uma fração de tudo que sinto, de tudo que a senhora sou agradecido. Escrever esse texto significa para mim muito mais do que lhe dar qualquer outro presente, pois isto aqui, vem do coração, vem com sinceridade, vem com amor.

Feliz dia das mães, Minha Maricotinha!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: