OS CÃES LADRAM, MAS A CARAVANA SEMPRE PASSA!

 

“Se você não está incomodando, é porque ainda não alcançou o sucesso”.

Esta foi uma frase que ouvi ontem de uma pessoa muito querida, minha amiga a mais de 30 anos, ao conversarmos sobre um acontecimento não muito agradável que, infelizmente tive que experimentar! A princípio, é uma frase muito popular, mas que explica, com fidelidade e muita propriedade, a realidade prática, do que é ser alguém bem-sucedido na vida: Todos nós, a maioria, pelo menos, desde que nascemos, somos educados e criados de forma a “respeitar” o espaço alheio, isso inclui o espaço dos nossos pais, do meio aonde vivemos, etc. E durante este processo, passamos a entender que para sermos estimados pelos nossos pais, e, depois, por outros superiores, devemos ser “bonzinhos”, e ser bonzinho significa: não incomodar, não fazer nada, ficar quieto, não existir… Mas a grande verdade, é que quem procura ser bom demais acaba se anulando.

Como a pior condição humana, que podemos experimentar é sermos rejeitados por quem significa algo para nós, evitamos então, a todo custo, incomodar. E passamos o resto da vida, adotando a passividade como estratégia de sobrevivência psicológica e passividade e é esta a que assassina nossos maiores e melhores potenciais e realizações, que se manifesta, muitas vezes, através de falsos ares de gentileza e cordialidade, quando significam o tempo todo, que estamos tentando ser gentis e agradáveis, apenas, para ganharmos a estima de quem consideramos e esperamos algum apreço. Essa sensação de rejeição, depois de adultos, também se relaciona muito ao medo de falarem “mal” de nós. Mas, a verdade é que isso é normal, eu aprendi isso nessas últimas semanas. Você tem que incomodar! É assim que a coisa funciona!

Sabe, enquanto adotarmos essa postura passiva, fazendo só o que é esperado que se faça, evitando qualquer ação, que possa interferir na vida alheia, por medo de rejeição, ou fofocas, nunca alcançaremos sucesso algum na vida. E a maioria de nós, de fato não alcança sucesso algum na vida. Lembro de várias ocasiões em que pessoas bem sucedidas a minha volta, chegaram até a mim solicitando algum favor, tipo aquela tarefa meio que me intimando a colaborar. Eu, muito pelo receio de desagradar, aceitava de pronto a solicitação, mesmo que eu não estivesse com a menor vontade de realiza-la! Não levava em consideração as minhas vontades!

Hoje, sei que é, justamente esta auto-afirmação sólida, sem receios, ou hesitações, que faz essas pessoas bem-sucedidas, porque nesse mundo rude, há de se ter uma postura firme e assertiva, para se construir algo consistente. A vida será mais dura com quem é muito mole. Homens razoáveis se adaptam ao mundo. Homens não razoáveis adaptam o mundo a si. Por isso, todo progresso depende destes últimos.

George Bernard Shaw, disse, que: “para alcançarmos maior sucesso na vida, precisamos entender e incorporar duas verdades”! Então, ser bem- sucedido implica visibilidade social. Sendo assim, as pessoas SEMPRE vão falar de você, prepare-se para isso! Quer você faça alguma coisa, quer você não faça nada, de modo que o mais sensato é fazer sempre o possível para não se importar para o que falam, por mais difícil que seja esta tarefa e eu sei que é… Se você não fizer nada, nada vai acontecer. E para se fazer algo, é preciso saber o que se quer e decidir pelo que se quer. Uma vez decidido, é preciso partir para a ação e isso, inevitavelmente, irá atingir e influenciar aos outros. É imprescindível saber se impor, sabendo exigir e ordenar e, se necessário, mandar e brigar pelo que se quer. Quando você compreender essas verdades e passar a fazer questão de realizar tudo que quer, não dando a mínima para o que falarem, porque não se enganem, VÃO falar e quando chegar ao ponto de fazer questão de incomodar para provocar a inveja, que nem sempre branca e a ira dos fracos, a partir de então, nada mais segura você.

O sucesso incomoda sim, principalmente àqueles que desejam ser você e não o conseguindo, apenas tornam-se cópias mal feitas e quando não conseguem, seguem feito cachorros loucos atacando a sua dignidade e o seu trabalho!

Como dizia a minha avó: “OS CÃES LADRAM, MAS A CARAVANA SEMPRE PASSA”!

 

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: